Tradutor

quarta-feira, 9 de julho de 2014

Orgulho, a lâmpada dos ímpios_Pr. Cézar Carrijo

Tema: O ORGULHO, A LÂMPADA DOS ÍMPIOS
Pv 21.4
“Pecado são olhar arrogante e coração orgulhoso, lâmpada dos ímpios”

Mensagem ministrada em 09/07/2014 - ADMMP Portugal

Ilustração: Certo dia, um casal ao chegar do trabalho encontrou algumas pessoas dentro de sua casa. Achando que eram ladrões, marido e mulher ficaram assustados, mas um homem forte e saudável, com corpo de halterofilista disse:
Calma pessoal, nós somos velhos conhecidos e estamos em toda parte do mundo.
Mas quem são vocês? - pergunta a mulher.
 Estamos aqui para que vocês escolham um de nós para sair definitivamente da vida de vocês.

A PREGUIÇA: homem másculo, forte como um touro e pesa toneladas nos ombros de quem o conduz.
A LUXÚRIA: Uma mulher velha curvada, com a pele muito enrugada - Sou velha porque existo há muito tempo entre os homens; sou capaz de destruir famílias inteiras,perverter crianças e trazer doenças para todos até a morte. Sou astuta e posso me disfarçar na mais bela mulher.
A COBIÇA: um mau-cheiroso homem, vestindo roupas maltrapilhas, que mais parecia um mendigo, diz: Eu sou a Cobiça, por mim muitos já mataram, por mim muitos abandonaram famílias e pátria; sou tão antigo quanto a Luxúria, mas eu não dependo dela para existir.
A GULA: Diz uma lindíssima mulher com um corpo escultural e cintura finíssima. Seus contornos eram perfeitos e tudo no corpo dela tinha harmonia de forma e movimentos.
  Minha natureza é delicada, normalmente sou discreta, quem tem a mim não se apercebe, mostro-me sempre disposta a ajudar na busca da luxúria.
A IRA (o vovô que todos gostariam de ter, e tem): um senhor, também velho, mas com o semblante bastante sereno, com voz doce e movimentos suaves, diz: Alguns me conhecem como cólera. Tenho muitos milênios também.
  Não sou homem, nem mulher, assim como meus companheiros que estão aqui. Matam com crueldade, provocam brigas horríveis e destroem cidades quando me aproximo.
  Sou capaz de eliminar qualquer sentimento diferente de mim, posso estar em qualquer lugar e penetrar nas mais protegidas casas. 
  Mostro-me calmo e sereno para mostrar-lhes que a Ira pode estar no aparentemente manso.
 Posso também ficar contido no íntimo das pessoas sem me manifestar, provocando úlceras, câncer e as mais temíveis doenças.
A INVEJA: Faço parte da história do homem desde a sua criação, diz uma jovem que ostentava uma coroa de ouro cravada de diamantes, usava braceletes de brilhantes e roupas de fino pano, assemelhando-se a uma princesa rica e poderosa.
- Há os que são ricos, os que são poderosos, os que são famosos e os que não são nada disso, mas eu estou entre todos.
  A inveja surge pelo que não se tem e o que não se tem é a alegria. 
  Alegria depende de amor, e isso é o que de mais carece a humanidade...
  Onde eu estou, está também a Tristeza.
  Enquanto os invasores se explicavam, um garoto, que aparentava cerca de cinco a seis anos, brincava pela casa.
Sorridente e de aparência inocente, característica das crianças, sua face de delicados traços mostravam a plenitude da jovialidade, olhos  vívidos...
O garoto responde com um sorriso largo e olhar profundo:
- Eu sou o Orgulho.
- Orgulho? Mas você é apenas uma criança? Tão inocente como todas as outras. O semblante do garoto tomou um ar de seriedade que assustou o casal, e ele então diz:
O orgulho é como uma criança mesmo, mostra-se inocente e inofensivo, mas não se enganem, sou tão destrutível quanto todos aqui, quer brincar comigo?

A Preguiça  (O alterofilista) interrompe a conversa e diz:
- Vocês devem escolher quem de nós sairá definitivamente de suas vidas.
Queremos uma resposta. O homem da casa responde:
- Por favor, dê nos dez minutos para que possamos pensar.
O casal se dirige para seu quarto e lá fazem várias considerações. Dez minutos depois retornam.
E então? - pergunta a Gula.
Queremos que o Orgulho saia de nossas vidas.
O garoto olha com um olhar fulminante para o casal, pois queria continuar ali.
Porém, respeitando a decisão dirige-se para a saída.
Os outros, em silêncio, iam acompanhando o garoto quando o homem da casa pergunta:
- Ei! Vocês vão embora também?
O Menino, agora com ar severo e com a voz forte de um orador experiente, diz: Escolheram que o Orgulho saísse de suas vidas e fizeram a melhor escolha, pois quando o orgulho é expulso, leva consigo a PREGUIÇA, A LUXÚRIA, A COBIÇA, A GULA, A IRA , A INVEJA e A TRISTEZA.
(Ilustração: Pr. Francisco Souza, A conduta)

Hb. nir: Solo não lavrado (A idéia de brilho de um sulco fresco) - procedente de uma raiz primitiva que significa reluzir : candeia
- Não utilizou “menorah” nem “nurá” (Lâmpada elétrica)
רוּם - עֵ֭ינַיִם וּרְחַב - לֵ֑ב נִ֖ר רְשָׁעִ֣ים חַטָּֽאת
(Bíblia hebraica Stuttgartensia, Deutsche Bibelgesellschaft)
“Pecado são olhar arrogante e coração orgulhoso, lâmpada dos ímpios” (Pv 21.4) - (Bíblia Almeida 21)
Pv 21.2 - “Todo caminho do homem lhe parece correto, mas o Senhor sonda os corações”

(hb. reahv-lev: Coração orgulhoso) - Mente, caráter moral
(hb. nir reshaim: Lâmpada dos ímpios)
(hb. ha tat: a coisa pecaminosa, pecado)

Orgulho: É um conceito elevado ou exagerado de si próprio (Dic. Aurélio)
Ninguém saberá lidar com o ORGULHO, a não ser quando nos esvaziarmos por completo de nós mesmo, e se encha plenamente de Deus (Nenhum “espaço” pode ficar ocioso) - “Porque Deus dá o Espírito sem restrição” (Jo 3.34)
Jo 3.30 - “É necessário que ele cresça e eu diminua”
1 Ts 5.23 - “E o próprio Deus de paz vos santifique completamente, e o vosso espírito, alma e corpo sejam mantidos plenamente irrepreensíveis para a vinda de nosso Senhor Jesus Cristo”
O orgulho é “incompatível” com aqueles que querem entrar no céu. (Gl 5.21b - “Os que praticam não herdarão o reino de Deus”)
Is 14.12-15 - Lançado do céu ao mais profundo do abismo.
Este gesto de “lançar” do céu ao mais extremo do abismo, revela a dimensão da queda espiritual que acontece na vida daquele que se permite conviver com o orgulho. (Hb 10.26,27)
2 Tm 3.1-5 - “Nos ultimos dias haverá tempos difíceis; pois os homens amarão a si mesmos, sendo gananciosos […] inconsequentes, orgulhosos (gr. tupho - Envoltos em nuvem de fumaça) mais amigos dos prazeres do que amigos de Deus”

1 - O ORGULHO É ALIMENTADO PELA INCREDULIDADE
Gn 3.5 - O “pequeno menino” (orgulho) achou no “solo virgem” do coração de Eva o “ambiente perfeito” para inaugurar o pecado na terra. (“Foi assim que Deus disse: Não comereis de nenhuma árvore do jardim?”- Gn 3.1) - Expulsos do Jardim de Deus 
Êx 5.2 - “Mas o Faraó respondeu: Quem é o Senhor, para que eu atenda à sua voz e deixe Israel ir? Não conheço o Senhor, nem deixarei Israel ir.”
Êx 7.3 - “Eu, porém, endurecerei o coração do faraó e multiplicarei os meus sinais e as minhas maravilhas na terra do Egito”.
Abraão é chamado de amigo de Deus, porque não duvidou diante da promessa, nem vacilou em incredulidade, mas se fortaleceu dando glórias à Deus (Rm 4.20)
Hb 3.19 - Muitos descendentes de Abraão não puderam (mesmo sendo portadores da promessa), entrar na terra prometida por causa do orgulho alimentado pela INCREDULIDADE. (Nm 14 - Ao contrário de se humilhar, o orgulho lhes incentivou a escolher um novo chefe, um novo capitão, e não o Senhor - As vezes ainda somos tentado a fazer o mesmo)
Is 53.1 - “Quem creu na nossa pregação?” O nascimento do infante Jesus foi um “golpe” no orgulho de Israel. Eles esperavam um líder militar para liderar Israel, e veio um Salvador que amou todo o mundo.

2 - O ORGULHO É ALIMENTADO PELA INGRATIDÃO
2 Rs 19.35 - “185.000 soldados da Assíria mortos numa única noite pelo anjo do Senhor”
2 Cr 32.25 - O rei Ezequias foi atingido por este dardo, atraindo grande ira do Senhor sobre ele, sobre Judá e sobre Jerusalém. 
Ezequias não correspondeu ao benefício que lhe foi feito, seu “coração se exaltou”.

3 - O ORGULHO É ALIMENTADO PELA DESOBEDIÊNCIA
1 Sm 15.9 - Saul poupou a vida de Agague (uma espécie de “esforço diplomático” para convivência pacífica com o pecado), e “do melhor das ovelhas e dos bens” (uma espécie de trazer as “coisas do mundo” para adaptação à linguagem e liturgia sagrada)
1Jo 2.15 - “Não ameis o mundo e nem o que no mundo há. Se alguém amar o mundo o amor do Pai não está nele” (Não existe compatibilidade)
Lutar contra o inimigo errado (Era para guerrear contra Agague, uma espécie de higiene moral e social) - Ef 6.12
Até Balaão viu que Amaleque perdera a sua oportunidade em ser a primeira das nações, assinando sua própria destruição (Nm 24.20), pois atacou Israel no deserto quando Israel estava sem condições de reagir, desfalecido por falta de água em Massá e Meribá (em Refidim - Ex 17.8-15)
O que alimentava o orgulho de Saul não era os êxitos de Davi (1 Sm 18.7 - Os dez milhares), mas sim a “insistência no caminho da desobediência”: “Mas cada um é tentado quando atraído e seduzido por seu próprio desejo” (Tg 1.14) - EBD
1 Sm 20.30-33 - Saul estava tão “embriagado” com seu próprio orgulho, quem nem exitou ao arremessar a lança contra seu próprio herdeiro e filho. 
O orgulho “nos cega” ao ponto de não valorizarmos coisas importantes como amigos, família e nossa própria salvação. Qualquer posição contrária é transformada em “inimigo potencial”.
1 Sm 24.9,10 - “Por que dás atenção aos homens que dizem: Davi procura fazer-te mal?”
1 Sm 31.4 - Saul foi morto pela própria arma que ele fazia questão de “polir” pessoalmente (a lâmina de aço do orgulho) no Monte Gilboa (hb. inchado)

4 - O ORGULHO É ALIMENTADO PELA VAIDADE PESSOAL
 At 13.22 - “Ser um homem segundo o coração de Deus não nos isenta de lutar diariamente contra este “menino” (ORGULHO)  que pode se tornar não apenas um adulto, mas um GIGANTE INVENCÍVEL.
 2 Sm 8.6b - “O Senhor lhe dava a vitória por onde quer que fosse”.
 2 Sm 11.1,2 - Enquanto outros lutavam, Davi se deu ao luxo de “passear pelo palácio real”. Neste mundo não temos a opção de sermos apenas “expectadores” de resultados da luta. Somos convocados para sermos soldados (Is 13.4b - “O Senhor dos exércitos passa em revista o exército de guerra”)
 1 Cr 21.1 - “Então, Satanás se levantou contra Israel e incitou a Davi a levantar o censo de Israel”
O Diabo usou contra Davi a mesma arma que o expulsou do céu: O Diabo apelou ao orgulho do homem segundo o coração de Deus.
O Censo tinha regras específicas, não era para “descobrir” o “poder do povo eleito” (mais de 1,5 milhões de soldados)
 Tg 1.15 - “Então o desejo (gr. epithumia), tendo concebido, dá a luz o pecado; e o pecado, após se consumar, gera a morte”

Ceder ao orgulho tem um preço: “Tudo isto desagradou à Deus” (1 Cr 21.7)
1 Cr 21.9,10 - Três coisas: Três anos de fome, ou três meses fugindo dos adversários ou por três dias a ESPADA DO SENHOR.
1 Cr 21.13 - Davi escolheu cair nas mãos do Senhor, pois as misericórdias do Senhor são muitíssimas. (Dt 5.10; Lm 3.22)
1 Cr 21.26,27 - Davi edificou um altar ao Senhor, ofereceu holocaustos e sacrificios pacíficos e invocou o nome do Senhor. 

Resultado: O Anjo recebeu ordem para meter a espada na bainha. (Davi mandava o orgulho desocupar a casa)
Ele via a “Carruagem do orgulho” fazendo a carga, mudando de endereço: Preguiça, Luxúria, Cobiça, Ira, Gula, Inveja, eTristeza.





O plano de Deus vai até o final. Deus te abençoe e guarde.

quarta-feira, 7 de maio de 2014

O motivo da maior e mais sangrenta batalha de todos os tempos

Tema : O MOTIVO DA MAIOR E MAIS SANGRENTA BATALHA DE TODOS OS TEMPOS
                                                                                                 Jd 3,20,21

 Judas 1 - 3. Amados, enquanto eu empregava toda a diligência para escrever-vos acerca da salvação que nos é comum, senti a necessidade de vos escrever, exortando-vos a pelejar pela fé que de uma vez para sempre foi entregue aos santos. 20. Mas vós, amados, edificando-vos sobre a vossa santíssima fé, orando no Espírito Santo, 21. conservai-vos no amor de Deus, esperando a misericórdia de nosso Senhor Jesus Cristo para a vida eterna. 

- Não é pelo PETRÓLEO, nem por DINHEIRO, nem por PEDRAS PRECIOSAS, nem por TERRITÓRIOS GEOGRÁFICOS, nem POLÍTICO, nem IDEOLÓGICO (não obstante haver uma aparência), nem pela ÁGUA POTÁVEL. 
- É uma "guerra silenciosa" porém potencialmente LETAL. 
- Os exércitos mais bem equipados do mundo tem se mostrado incompetentes nesta batalha por milênios. (Zc 4.7 - "Não por força nem por violência, mas pelo MEU ESPÍRITO, diz o Senhor dos exércitos")

 • Hb 11.3 - Este motivo nos leva a entender como o Universo foi criado pela Palavra de Deus, de modo que O VISÍVEL NÃO FOI FEITO DO QUE SE VÊ. 
• Hb 11.4 - Este motivo levou Abel a oferecer melhor sacrifício do que seu irmão Caim. Mesmo que isto lhe custou a vida. Valeu a pena! 
• Hb. 11.5 - Este motivo levou Enoque a andar com Deus por 300 anos (Gn 5.22), e subir arrebatado sem provar a morte. Valera a pena! 
• Hb 11.7 - Este motivo foi suficientemente forte para Noé andar com Deus em justiça e integridade, em meio a uma geração corrompida. (Gn 6.9) 
• Hb 11.8 - Este motivo levou Abraão a sair do convívio familiar idólatra (Js 24.2), para ir a um lugar desconhecido, trazendo na sua mobila apenas uma PROMESSA. 
• Hb 11.11 - Este motivo é tão influente que até Sara por meio deste motivo recebeu o poder de conceber um filho, sendo já velha e estéril. 
• Hb 11.17,19 - Este motivo levou Abraão a oferecer seu filho Isaque pois considerou este motivo forte suficiente para justificar uma ressurreição mesmo das cinzas. 
• Hb 11.24-26 - Este motivo é tão alto e valioso, que conduziu Moisés a rejeitar o título de príncipe, e ser maltratado com o povo de Deus, a desfrutar por algum tempo os prazeres do pecado. Ele ponderou e concluiu que a afronta de Cristo era uma riqueza maior do que os tesouros do Egito. 
• Hb 11.32 - Faltaria tempo para falar de Gideão, de Baraque, de Sansão, de Jefté, de Davi, de Samuel e dos profetas. 
• Hb. 11.33 - Este motivo era suficientemente poderoso para vencer reinos, praticar justiça, alcançar promessas, colocar em fuga exércitos, apagar a força do fogo, ser apedrejados, provados, serrados ao meio, morrer ao fio da espada, maltratados. 
• Hb 11.38 - Morreram mas o EPITÁFIO IMORTALIZADO dos seus sepulcros recebeu a "distinção" mais alta nesta vida: O MUNDO NÃO ERA DIGNO DELES! - Lc 18.8b - Esta batalha é tão difícil e sangrenta que o próprio Jesus lançou a pergunta: Se por ocasião de sua vinda encontraria este tesouro na terra: A FÉ - Jd 3 
- Exortar sobre esta Fé foi um motivo considerado imprescindível para Judas deixar o "empenho" ao escrever sobre a SALVAÇÃO, para exortar-nos a lutar (batalhar) pela Fé entregue aos santos. 
- Não é uma Fé misturada, não é uma fé supersticiosa, não é uma fé capitalista (TER) mas é uma FÉ SANTÍSSIMA (Jd 23), uma FÉ EDIFICADA, CONSTRUÍDA (1 Co 3.10) 
- Uns lançaram o alicerce (Cristo), o u t r o c o n s t r ó i s o b r e E L E . Ma s "cada um veja como edifica" (RESPONSABILIDADE INDIVIDUAL) 
- Esta batalha é travado em Todo TIPO DE TERRENO: Desertos, montanhas, vales e pântanos. 

As ameaças contra a nossa fé: INFILTRADOS MAS NÃO TRANSFORMADOS (Jd 4) - "Porque certos homens se infiltraram entre vós sem que fossem notados; desde há muito tempo eles estavam destinados para o Juízo. São homens ímpios, que mudam a graça de Deus em libertinagem e negam o nosso único Soberano e Senhor, Jesus Cristo" 
- Não basta ESTAR (infiltrado) é preciso SER (convertido) - Jo 3.5 - nascido da água e do Espírito para entrar no Reino de Deus) 
1. Substituem a graça de Deus pela libertinagem (com "roupagem" de liberdade) - São "sonhadores" que contaminam o corpo, rejeitam autoridade e difamam até os anjos (Jd 8) - Não poupam ninguém.
• Gl 5.13 - "Irmãos, fostes chamados para a liberdade. Mas não useis da liberdade como pretexto para a carne; antes, sede servos uns dos outros pelo amor" - o Amor é uma rocha sólida no Pântano da incredulidade) - Jd 10 - "Esses homens, porém, difamam tudo que não entendem; mesmo naquilo que compreendem por experiência natural, eles se corrompem como seres irracionais" -
2. Não se submetem ao SENHORIO de Jesus Cristo (É uma forma requintada de NEGAR à Cristo) 
• Jd 11 - "Aí deles!" - Seguidores de Caim (MOTIVAÇÃO ERRADA) 
- O "caminho de Caim" é uma "rota de colisão" com Deus) 
- A oferta (culto) de Caim não "coincidia" com a motivação do seu coração. (Foi "traído" pelo coração)
- Apologistas do Erro de Balaão (MISTURA PROFANA) - Pelo "ganho imediato" (lucro) - (Também uma "rota de colisão" com Deus). (Ap 2.14 - igreja de Pérgamo, cidade onde estava o "trono de Satanás", assistiu a morte de Antipas, o primeiro mártir da Ásia) 
- Balão ensinou a Balaque como atrair a ira de Deus sobre o povo da promessa: Apologia de uma Fé Misturada com imoralidade, que tenta ultrapassar a Doutrina de Cristo. 
• 2 Jo 1.9 - "Todo aquele que ULTRAPASSA a Doutrina de Cristo e nela não permanece não tem Deus; o que permanece na doutrina, esse tem tanto o Pai como o Filho" (ARA)
- Mobilizadores da rebelião de Coré - (Nm 16) (REBELIÃO) - Rochas ocultas (nódoas); Participantes das refeições comunitárias, banqueteando convosco sem escrúpulos (palavras maliciosas e repletas de termos pornográficos),
Pastores que apascentam a si próprio (não se permite ser conduzido às águas tranquilas) - Não me refiro a dons ministeriais de Ef 4.11
Como nuvens sem água, levados pelo vento (vazios e influenciáveis).
Árvores sem folhas (testemunho da vida espiritual) nem FRUTO (O singular é proposital para aplicação de Gl 5.22,23)
- O homem de fé vive o oposto disto pois ele é aquele que teme ao Senhor, suas folhas não murcham, e dá fruto NA ESTAÇÃO CERTA (Sl 1.3) 
Duplamente mortos, raízes arrancadas (Uma fé removida por ressentimentos, ira, porfias, competições) 
Ondas bravias de um mar (espumando suas próprias indecências) 
Estrelas fora do curso (no lugar errado, no tempo errado) 
Vivem a reclamar, dominados por seus próprios desejos (Adulam pessoas por interesse - Jd 16) 
Causam divisões, pois vivem conforme suas tendências naturais 
• Jd 17 - "Mas vós, amados, lembrai-vos do que foi previsto pelos apóstolos de nosso Senhor Jesus Cristo" • Esses homens são "homicidas espirituais" e a característica peculiar deles: NÃO TÊM O ESPÍRITO. (Jd 19) 

Este diagnóstico relatado por Judas revela o "script" de um homem que muda a graça de Deus em libertinagem e que não se submete ao Senhorio de Jesus Cristo. (A expectativa futura é a escuridão das trevas - Jd 13) 

O "serviço de recrutamento do céu" convoca aqueles que querem edificar sobre uma FÉ SANTÍSSIMA (Separada mas não influenciável): (Is 6.8 - A quem enviarei? Quem irá por nós?) 
• 1 Jo 5.19 - O mundo jaz no maligno: Pântano da incredulidade (não é apenas lugar onde as pessoas não acreditam) - Este é o lugar escolhido por Deus para recrutamento, porém ele nos concede a oportunidade de pisar em "rochas sólidas", mesmo em "terreno pantanoso": 
• Jd 21-24: Rochas Sólidas:
1) AMOR DE DEUS (Lugar onde nossa fé, o maior motivo, é conservada) 
2) ESPERAR NA MISERICÓRDIA DE NOSSO SENHOR JESUS CRISTO 
3) COMPAIXÃO PARA OS QUE ESTÃO EM DÚVIDA (Talvez sucumbindo em meio à lama dos RESSENTIMENTOS, DECEPÇÕES, MEDO, FRUSTRAÇÕES) - Estas pessoas não são AMEAÇAS, são POSSIBILIDADES. 
4) DEMONSTRAR MISERICÓRDIA COM TEMOR, NÃO IRMANANDO COM O PECADO (Salvar, arrebatar do fogo)
5) CONFIANÇA EM DEUS (O único que pode nos impedir de TROPEÇAR e poderoso para nos apresentar IMACULADOS (não manchado pela "lama do Pântano da Incredulidade), e com grande júbilo diante de sua glória. (Jd 24) 
• 1 Pe 1.5 - Esta Fé nos guarda na virtude de Deus para a Salvação. 
• 1 Pe 1. 7 - Esta Fé é provada pelo fogo (adversidades) para se tornar mais preciosa do que o ouro. 
• 1 Pe 1.9 - O final (concretização) desta Fé é a Salvação de nossas almas. 
O pedido de Judas aos amados: Edifiquemos pois (qualidade da construção) sobre a SANTÍSSIMA FÉ, orando no Espírito (Jd 20) 

שלום

 Mensagem ministrada em 07/05/2014 - Assembleia de Deus Min. Missão aos Povos - Portugal 

sexta-feira, 17 de janeiro de 2014

Esboço da mensagem: Ainda mantém a sua INTEGRIDADE?

Tema: AINDA CONSERVAS A TUA INTEGRIDADE? Jó 2.9 " Então sua mulher lhe disse: Ainda reténs a tua integridade? Blasfema de Deus, e morre ". - Reflexão: Qual o peso desta frase vinda dos lábios da pessoa que mais amamos? - As duas ferramentas mais eficazes no “teste da integridade” se chamam: Abundância (Bens, prazer, alegria) e Escassez (Perdas, enfermidades, luto). (Pv 30.8 - “Afasta de mim a falsidade e a mentira; não me dês nem a pobreza nem a riqueza; dá-me apenas o pão de cada dia”) “Integridade sem conhecimento é fraca e inútil, mas conhecimento sem integridade é perigoso e horrível” - Samuel Johnson - Todos nós cobramos integridade: nas informações, nas coisas, nas sinalizações, nas pessoas e até de Deus. Alguns homens se tornaram ícones do DESPORTO, da POLÍTICA, da ECONOMIA, da RELIGIÃO. - A Bíblia revela vários homens que foram “ÍCONES DA INTEGRIDADE”. Para ser ícone da integridade o padrão é muito mais elevado, pois o reconhecimento vem de Deus: Observaste o meu servo Jó? Gn 6.9 - Noé era justo e INTEGRO em sua geração e andava com Deus Gn 17.1 - Com a idade de 99 anos Abraão recebe uma visita muito especial: O Todo-poderoso. Ele trazia “três coisas” para Abraão: 1) Uma revelação: Eu Sou; 2) Uma missão: Anda na minha presença; 3) Uma exigência: Sê íntegro (BAS 21) - Gn 17.5 - Até o seu nome foi mudado. INTEGRIDADE exige mudanças radicais de hábitos e de propósitos. - Gn 17.10 - A circuncisão foi o sinal exterior de uma conduta interior íntegra. - Gn 22 - Deus prova a INTEGRIDADE de Abraão. Nm 12.7 - Moisés era fiel (INTEGRO) em toda a casa de Deus. Js 24.24 - As “Cláusulas da aliança” com Deus pregadas por Josué, mesmo já estando na Terra Prometida, continuava a exigir: INTEGRIDADE e FIDELIDADE (Lançar fora os deuses estranhos) 1 Rs 9.4,5 - O cumprimento das promessas de Deus sobre Salomão estavam condicionadas à INTEGRIDADE DO CORAÇÃO. Assim como Davi seu pai fora íntegro. Sl 26.1,11 - Davi tinha confiança em PEDIR ao Senhor, livramento, socorro, vitórias porque andava em INTEGRIDADE. Jó 27.5 - QUEM ANDA EM INTEGRIDADE, ANDA SEGURO!(Pv 10.9a)! - “Longe de mim eu vos dar razão; Até que eu morra, nunca me afastarei da minha INTEGRIDADE”. Lc 16.10 - “Quem é fiel no pouco, também é fiel no muito; quem é injusto no pouco, também é injusto no muito” - Palavras do maior ícone da INTEGRIDADE: JESUS CRISTO. - NO RELACIONAMENTO COM DEUS A INTEGRIDADE é UMA CONDIÇÃO e NÃO UMA OPÇÃO (1 Ts 5.23 - “O mesmo Deus da paz vos santifique em tudo; e o vosso espírito, alma e corpo sejam conservados ÍNTEGROS e irrepreensíveis na vinda de nosso Senhor Jesus Cristo”- RA) - EXISTEM NÍVEIS DE PERMISSÃO DIVINA: Total, Parcial ou não permissão. (Jó 1.12; 2.6; Lc 22.31,32) ÁREA FINANCEIRA As notícias que chegaram até Jó (Em um só dia): Jó 1.14,15 - Os sabeus mataram os bois (1000), as jumentas (500) e os empregados (A falência da maior transportadora de cargas do Oriente) Jó 1.16 - Fogo de Deus queimou as 7.000 ovelhas e matou os empregados (A industria de tecelagem, e cooperativa de queijos e leite estava falida) Jó 1.17 - Os caldeus roubaram os 3.000 camelos e ainda mataram os empregados (A transportadora de pessoas agora estava falida) AINDA CONSERVA A SUA INTEGRIDADE? ÁREA FAMILIAR Jó 1.18, 19 - A casa onde os filhos estavam fazendo uma festa caíra, matando todos os filhos. AINDA SOMOS CAPAZES DE CONSERVAR A NOSSA INTEGRIDADE? Jó 1.20,21 - Se levantou (ATITUDE DE INTEGRIDADE), rasgou o manto (HUMILDADE É UM SENTIMENTO DE INTEGRIDADE), prostrou-se no chão (QUEBRANTAMENTO É UMA CARACTERÍSTICA DE INTEGRIDADE), adorou (ADORADOR É UMA QUALIDADE DE INTEGRIDADE) e orou (PRÁTICA DESENVOLVIDA PELO ÍNTEGRO) e por fim agradeceu (GRATIDÃO É PONTO FORTE DA INTEGRIDADE). ÁREA FÍSICA Jó 2.7,8 - Feridas malígnas (Não identificadas em diagnóstico médico) da sola dos pés até o alto da cabeça. Os seus recursos financeiros já haviam terminado. O seu “companheiro físico”, era um “caco de telha”. Mas Deus estava com Jó. Jó 2.9 - Fragilizado fisicamente, emocionalmente Jó ouve a expressão dos lábios da pessoa que ele mais amava: Ainda conservas a tua integridade? Jó 2.11-13 - A situação era tão deplorável que nem os seus amigos o reconheceram. Quando se aproximaram tiveram algumas atitudes: Choraram, rasgaram o manto, jogaram terra para o ar, ficaram sentados no chão por 7 dias e 7 noites, por sensibilizarem com sua grande dor. Mas não eram e não conheciam o preço da integridade. AINDA VALE A PENA CONSERVAR A INTEGRIDADE? ÁREA MORAL Jó 4.3-6 - O Discurso de Elifaz (lançado em rosto de Jó): “Sei que não vai gostar do que vais ouvir! Tu tens ensinado a muitos e tens fortalecido mãos fracas. Tuas palavras têm sustentado os que cambaleavam, e tens fortalecido os joelhos desfalecestes. Mas agora, que chegou a tua vez, tu te perturbas e, ao ser atingido, te desanimas. Acaso a tua confiança não está no temor de Deus, e a tua esperança, na integridade dos teus caminhos?” (Aqui Elifaz deveria ter terminado o discurso). O seu discurso “revestido” de legalismo era conveniente para si, mas não para um homem íntegro como Jó. Jó 6.7 - “Recuso-me a tocar nessas coisas, pois são para mim comida insuportável” (Jó não permitiu aquelas palavras colocar em risco sua integridade para com Deus) - NÃO DEIXOU AQUILO “ENTRAR” EM SUA MENTE. Jó 9.15 - “Embora eu seja justo, não lhe posso responder; tenho de pedir misericórdia ao meu juiz”. A sua integridade lhe permitia divisar a santidade de Deus. Jó 31.1 - Jó fizera um acordo com os seus olhos de não cobiçar moça alguma. Jó 31.9 - Jó declara que a sua integridade não o deixava ser seduzido por outra mulher. A tentação moral é humana, mas a fidelidade de Deus coloca limite e um escape para podermos suportar (1 Co 10.13) Tg 1.13 - Deus não tenta ninguém Tg 1.14,15 - “Mas cada um é tentado quando atraído e seduzido por seu próprio desejo. O desejo tendo concebido, dá a luz o pecado; e o pecado, após se consumar, gera a morte” AINDA VALE A PENA CONSERVAR A INTEGRIDADE SENDO BOMBARDEADO POR MUITAS ACUSAÇÕES INFUNDADAS? ÁREA ESPIRITUAL (A intenção não é desvincular a área espiritual das outras áreas, pois até seria impossível, mas sim revelar o mais precioso entre os preciosos no quesito INTEGRIDADE) Mt 22.36 - “Qual o maior mandamento da Lei? Mt 22.37 - “Amarás o Senhor teu Deus de todo coração, de toda a alma e de todo o entendimento” (INTEGRIDADE) Mt 22.39 - “O segundo, semelhante a este, é: Amarás o teu próximo como a ti mesmo. (Ninguém pode dar mais do que tem, mas Deus não se contenta com um padrão inferior) Mt 22.40 - “Toda a lei e os Profetas dependem desses dois mandamentos” Jó 40.1,2 - “E o Senhor disse mais a Jó: Aquele que contesta o Todo-poderoso poderá corrigi-lo? Responda a isso quem acusa a Deus”. Jó 40.4 - Eu não sou digno; que lhe responderia? Pelo contrário, tapo a boca com as mãos. Jó 42.2,5 - A resposta do íntegro. Reconhecendo suas debilidades e fragilidades. O integro reconhece que quanto mais conhece a Deus, mais precisa conhecer. Jó 42.7,8 - Deus só enviou os “amigos de Jó” para receberem oração porque sabia que Jó era íntegro. Se Jó não fosse íntegro, os amigos de Jó estariam sendo vitimas de bulling ou chacota. Jó 42.10 - Enquanto o íntegro Jó orou pelos seus “amigos”, Deus mudou o seu cativeiro. Jó 42.11 - Toda a sua família (que somente agora aparecia), os amigos, conhecidos vieram e lhe trouxeram dinheiro e ouro. SALDO da INTEGRIDADE: 14.000 ovelhas, 6.000 camelos, 2.000 bois, 1.000 jumentas e mais 10 filhos e mais 140 anos mais de vida para ver 4 gerações. VALE A PENA CONSERVAR A INTEGRIDADE? Mensagem ministrada em 07/01/2014 O plano de Deus vai até o final. Deus te abençoe e guarde.

Assembleia de Deus "Ministério Missão aos Povos"

Assembleia de Deus "Ministério Missão aos Povos"

Pr. Cézar Carrijo e Missª Gláucia Carrijo

Pr. Cézar Carrijo e Missª Gláucia Carrijo

Mensagens populares

Me esforço para parecer com Jesus